sábado, 27 de fevereiro de 2010

Devir de evolução

Para evoluir a si
A si o ser volta
Mas não se revolta consigo como tal
O ser está so far...
E eu, so near
De ser neandertal

E o ser cria casa
E se domestica para ser humano ser
Inventa a roda e o fogo
E uma roda de fogo
Para pular no meio e o público ver
E aplaudir de pé

O ser acha que foi ou é
E no final eu sendo
Demá!
Ziá!
Damein!
Tixim!
Pans é!

2 comentários:

The human who sold the world disse...

Ain ain nova linguagem!!!

The human who sold the world disse...

E onde fica o reflexo? Saudade! Queremos mais.